Chat Online

Onde você está?

Qual o tratamento para miopia? Saiba aqui!

A miopia incomoda sua rotina? Confira no post alguns tipos de tratamento possíveis!

A miopia é uma condição oftalmológica na qual a pessoa tem dificuldade de ver, com clareza, objetos distantes. Ela pode nascer com a pessoa ou ir se desenvolvendo ao longo dos anos, manifestando-se na infância, ou na fase adulta. Existem várias formas de tratamento para miopia, e cada uma vai depender da particularidade de cada caso.

O propósito de cada intervenção para a doença é possibilitar uma vida com maior liberdade e despreocupação, ao evitar a fadiga ocular e extinguir, ou diminuir, a dificuldade para realizar atividades diárias, como dirigir, ler e estudar. Acompanhe a leitura e saiba mais sobre os tratamentos!

Miopia: o que é, causas e sintomas

O olho é formado por algumas estruturas, como: pupila, íris, córnea e retina. Todas atuam de modo conjunto para que uma pessoa consiga enxergar as imagens. A projeção de cada objeto é refletida na parte da retina.

Em uma circunstância normal, a retina tem a função de recolher a imagem e transformá-la em sinais nervosos, para que o cérebro consiga ler. Podemos fazer uma associação de essa estrutura traduzir a figura ou luz, para o nosso cérebro, em uma linguagem que ele consiga entender.

Acontece que uma pessoa com miopia não consegue fazer bem essa tradução. Por ter a córnea diferenciada, ou por ter comprimento do olho maior que o comprimento ótico, há dificuldade de projetar o que está a uma distância grande. Com isso, o cérebro não decifra de forma clara a imagem, e a pessoa vê tudo de forma borrada. Entre suas causas, podemos ter:

  • hereditariedade. Sendo descoberta ainda na infância;

  • estresse visual excessivo. Acredita-se, hoje, que atividades que exijam muito esforço da visão de perto podem levar ao desenvolvimento;

  • diabetes;

  • glaucoma;

  • catarata.

Já com relação aos sintomas, podemos ter:

  • visão embaçada;

  • necessidade de fechar levemente os olhos para conseguir focar;

  • dores de cabeça;

  • dificuldade em realizar atividades diárias, como dirigir, assistir televisão, ler.

Essa condição, quando não cuidada, pode levar a outras consequências, como o deslocamento da retina.

Tratamento para miopia

Os tratamentos, então, vão variar, a depender das características de cada um. Confira:

Lentes corretivas

Óculos ou lentes de contato são maneiras mais simples de se resolver o problema. As lentes corretivas aumentam a curvatura da córnea ou o comprimento do olho, a fim de ajudar essas estruturas a traduzir as imagens para o cérebro.

Cirurgia refrativa

Muito escolhida por quem não gosta de usar óculos ou tem um grau muito elevado da miopia, impedindo esse alguém de enxergar qualquer coisa sem as lentes. O médico pode optar por usar um laser para corrigir a córnea ou implantar lentes de forma cirúrgica. Essa escolha vai depender do grau do paciente e em que local exato do olho precisará ser feito a correção.

Terapia fotodinâmica

Esse tratamento é feito para os tipos de miopia patológica, ou seja, aquela que não consegue ser tratada com cirurgias e, muitas vezes, são consequência de outras condições, como o glaucoma ou diabetes. Consiste em usar um laser, a fim de destruir vasos sanguíneos anormais.

Terapia anti-VEGF

Em forma de injeção intraocular, é capaz de bloquear uma substância chamada fator de crescimento endotelial vascular. Esse bloqueio impede que novos vasos sanguíneos cresçam no olho. Ainda não há uma maneira de prevenir a miopia, mas algumas atitudes podem diminuir a probabilidade que ela aconteça, ou ainda, facilitar a descoberta precoce e facilitar a intervenção:

Não se esqueça de fazer seus exames periódicos com os médicos e verificar como anda a saúde dos seus olhos com um bom oftalmologista. Assim, caso seja necessário, o tratamento para miopia será mais eficaz.

Compartilhe esse post nas suas redes sociais, para que seus amigos se informem a respeito dessa condição!