Chat Online

Veja por que o check-up odontológico não pode deixar de ser feito

Confira as razões para o check-up odontológico ser indispensável

Você sabe como funciona o check-up odontológico e qual a sua importância para a saúde bucal? Ou já tem algum tempinho que não vai ao dentista para cuidar do seu sorriso e está por fora do assunto?

Seja como for, é importante saber que o check-up odontológico é uma avaliação realizada pelo dentista em que será observada a saúde não só dos seus dentes, como também da gengiva.

Nessa consulta, serão identificados quais são os problemas da região bucal e os tratamentos adequados para solucioná-los, além de ser realizada uma aplicação de flúor. Quer saber mais detalhes? Continue lendo o nosso artigo e descubra mais sobre a importância de comparecer ao dentista com frequência e de ter um bom atendimento.

A importância do check-up odontológico regular

O check-up odontológico funciona como um procedimento preventivo quando é realizado regularmente. Ele tem a função de inibir uma série de problemas bucais, como gengivite, tártaro, placa bacteriana, entre outros. 

Para quem não comparece ao dentista com frequência, o check-up terá a função de identificar e recomendar o tratamento necessário para o seu caso. Contudo, não podemos negar que a regularidade do check-up odontológico é algo muito mais vantajoso, visto que essa prática é voltada a tomar todas as providências necessárias para evitar que as doenças bucais venham a atormentar a vida do paciente, causando dor e desconforto.

A frequência ideal para comparecer ao dentista e realizar o check-up odontológico é de, em média, 6 meses, mas dependendo do estado da sua saúde bucal e da avaliação realizada pelo dentista, esse período pode variar. 

Os aspectos observados durante a avaliação

Agora vamos detalhar alguns dos 5 mais importantes aspectos observados pelo dentista ao realizar uma avaliação da região bucal.

Gengivas

As gengivas são áreas sensíveis da nossa boca, que são responsáveis por dar suporte à arcada dentária. A falta de cuidados adequados pode causar a temida gengivite, que tem sintomas como sangramento e inchaço.  

Língua e forma de morder

O dentista observa a existência da má oclusão dentária, ou seja, estuda a relação entre as arcadas superiores e inferiores durante a mordida e verifica se o posicionamento entre os dentes está prejudicando a vida do paciente. Ele observa também a língua do indivíduo e se a limpeza dela está sendo realizada corretamente. 

Cáries

As cáries são causadas pelas bactérias conhecidas como  Streptococcus Mutans. Elas desgastam o dente, originando "pontinhos pretos", além de dor e inflamação. O dentista orientará o paciente nos procedimentos para evitá-las e realizará o tratamento necessário, caso elas já estejam presentes. 

Higiene bucal

O dentista também é responsável por orientar o paciente sobre a higiene bucal, indicando a forma correta de realizar a limpeza e corrigindo eventuais falhas do paciente durante o processo. 

Placa bacteriana ou tártaro

A placa bacteriana é uma das principais causas das cáries, enquanto o tártaro é a calcificação dessa placa, causando também o amarelamento dos dentes, mau hálito e gengivite. O dentista trabalha tanto na prevenção quanto no tratamento desses casos. 

Não se esqueça de que é essencial a escolha de profissionais qualificados para que o check-up odontológico realmente tenha sucesso. E hoje em dia, nem é preciso ter plano de saúde para isso. Portanto, marque a sua avaliação o mais rápido possível e escolha uma clínica com credibilidade. 

Agora que você já sabe da importância do check-up odontológico, que tal conhecer uma clínica especializada nesse tipo de atendimento? Acesse o nosso site agora mesmo para saber mais sobre os nossos serviços de odontologia e agendar o seu atendimento.